Pesquisando...
segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

A Líder Aviação acaba de receber, da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), autorização para se tornar centro de manutenção nas séries 300 e 600 da família Challenger, e nas séries 5000, 6000 e Express, da família Global. Todas fabricadas pela Bombardier. Com a homologação, a empresa brasileira – que já é centro de serviços autorizado para jatos Learjet 30 e 40 – passará a oferecer manutenção em aeronaves das três famílias produzidas pela Bombardier.

O processo de homologação levou cerca de um ano e incluiu períodos de treinamentos dos mecânicos nos centros de treinamento da Bombardier, no Canadá e nos Estados Unidos. Segundo o diretor de vendas de aeronaves da Líder Aviação, Philipe Figueiredo, a oferta de serviços de manutenção dessas aeronaves no Brasil é considerada um avanço para as duas empresas, já que, para os compradores, isso representa uma economia de tempo e recursos na realização de inspeções periódicas, muitas das quais costumavam ser feitas no exterior. “Na hora de decidir, os clientes levam em conta a disponibilidade de uma rede de serviços de confiança na região em que atuam. Poder contar com a infraestrutura de manutenção da Líder é um facilitador que certamente influencia na decisão de compra”, explica.

Com quatro bases de manutenção no Brasil – São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília –, a Líder possui estoque de peças avaliado em U$ 10 milhões e mais de 8,6 mil metros quadrados de área. As manutenções dos aviões da família Learjet são realizadas em Belo Horizonte. Já as aeronaves Challenger e Global serão atendidas no hangar da empresa em São Paulo. “Somos reconhecidos internacionalmente por nossa expertise em manutenção. Por isso, a tendência é que o aumento do nosso portfólio de serviços para a Bombardier também aqueça a procura por essas aeronaves. É importante lembrar ainda que os modelos Learjet 70 e 75 também terão estrutura de manutenção ofertadas no Brasil, pela Líder”, afirma Philipe Figueiredo.

Além da Bombardier, a Líder Aviação é homologada por outros fabricantes de aeronaves, motores e componentes aeronáuticos, como a Beechcraft, Agusta, Bell Helicopters, Honeywell e Hartzell.


Danilo Borges

0 comentários:

Postar um comentário