Pesquisando...
sábado, 13 de dezembro de 2014



Chegaram a Porto Velho (RO) os três últimos helicópteros AH-2 Sabre da Força Aérea Brasileira. As aeronaves chegaram no dia 26 de novembro a bordo de um cargueiro Antonov 124 vindo da Rússia.

Com a entrega, o Esquadrão Poti completa a sua dotação de doze helicópteros AH-2 Sabre, recebidos a partir do final de 2009. O contrato vai envolver ainda o recebimento de um simulador e de apoio logístico dos fornecedores russos.

As aeronaves podem cumprir missões de defesa aérea, ataque, escolta, supressão de defesa aérea inimiga, varredura e apoio aéreo aproximado.

Histórico do Esquadrão Poti

 O Esquadrão Poti tem origem no Centro de Formação de Pilotos Militares (CFPM), na Base Aérea de Natal. A unidade operava os bimotores Douglas B-26 Invader e foi transferido, em 1971, para a Base Aérea do Recife. Em 17 de abril de 1973, foi determinada a desativação do 1º/5º GAv e a ativação do Segundo Esquadrão Misto de Reconhecimento e Ataque (2º EMRA), subordinado ao Comando Aerotático, adotando como símbolo a figura do índio Poti.

 No final de 2009, o Esquadrão Poti foi transferido de Recife para a Base Aérea de Porto Velho (RR), passando a operar os helicópteros russos de ataque Mi-35M Hind, denominados AH-2 Sabre na FAB. Com os Sabres, o Esquadrão Poti cumpre missões de interceptação, combate aéreo, ataque, escolta e apoio aéreo aproximado, garantindo a defesa da Amazônia Ocidental.

0 comentários:

Postar um comentário