Pesquisando...
terça-feira, 9 de dezembro de 2014


A Embraer e a FlightSafety International concluíram o treinamento da primeira turma de pilotos do novo jato executivo Legacy 500. Esses pilotos, treinados para operar jatos de clientes, se beneficiaram de toda estrutura de suporte e serviço ao cliente com salas de aula equipadas com tecnologia avançada e completo simulador de voo qualificado com o nível C pela Federal Aviation Administration (FAA), dos Estados Unidos e Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), do Brasil.

“Antes mesmo da entrada em serviço do Legacy 500, realizamos esforços contínuos para o desenvolvimento de uma rede global de suporte e serviços aos nossos clientes”, disse Edson Carlos Mallaco, Diretor de Suporte e Serviços ao Cliente da Embraer Aviação Executiva. “Nossa sólida parceria com a FlightSafety International resultou no desenvolvimento conjunto de uma solução de treinamento completa e de alto nível.”

A capacitação ocorre no Centro de Treinamento da FlightSafety, em St. Louis, Missouri, Estados Unidos. A FlightSafety também é provedora de serviços de treinamento autorizado pela Embraer para jatos executivos da família Legacy e Lineage e para as aeronaves comerciais E-Jets.

O Legacy 500 recebeu a certificação da ANAC em agosto e da FAA em outubro. Aprovação da EASA (European Aviation Safety Agency) ocorrerá em breve. O Legacy 500 já pode operar no Brasil, Estados Unidos e em países que exigem certificação FAA. O primeiro Legacy 500 foi entregue a um cliente brasileiro em 10 de outubro deste ano.

Sobre o Legacy 500

O Legacy 500 tem a melhor cabine de passageiros da sua categoria, com 1,82m de altura, que é similar às de algumas aeronaves na categoria super midsize. Oito poltronas podem ser convertidas em quatro leitos para repouso completo em uma altitude equivalente de cabine de 6.000 pés. O sistema de entretenimento a bordo inclui vídeo de alta definição, som surround, várias opções de entrada de áudio e vídeo, sistema de gerenciamento de cabine, e três opções de comunicação e transmissão de dados, permitindo inclusive acesso à internet.

O Legacy 500 é o primeiro jato midsize totalmente equipado com sistema de comandos de voo digital, baseado na tecnologia fly-by-wire, com manche lateral de controle (sidestick) e a suíte de aviônicos Rockwell Collins Pro Line Fusion em quatro telas planas LCD de alta resolução, de 15 polegadas, completamente digital, com planejamento gráfico de voo, além de opções como autobrakes, e o E2VS (Embraer Enhanced Vision System), o qual combina o Head Up Display (HUD) e o Enhanced Vision System (EVS).

O Legacy 500 é capaz de voar a 45.000 pés (13.716 m) de altitude e é equipado com dois motores Honeywell HTF7500E, os mais ecológicos de sua classe. Decolando de uma pista tão curta quanto 4.084 pés (1.245 m), o Legacy 500 tem um alcance de 3.125 milhas náuticas (5.788 quilômetros), com quatro passageiros a bordo, nas condições NBAA IFR, o que permite voos sem escalas, de São Paulo a Caracas (Venezuela), Los Angeles (EUA) a Honolulu (Havaí), Teterboro (EUA) a Londres (Inglaterra), Moscou (Rússia) a Déli (Índia), Jacarta (Indonésia) a Sidney (Austrália), Dubai (Emirados Árabes Unidos) a Zurique (Suiça). Ou de Beijing (China) até Déli (Índia).

0 comentários:

Postar um comentário