Pesquisando...
quarta-feira, 17 de dezembro de 2014



Resultado de uma Joint Venture entre Líder Aviação e CAE, equipamento permitirá que pilotos brasileiros façam treinamentos sem ter que sair do país.

A CAE, líder mundial em treinamento em aviação, e a Líder Aviação, maior operadora de helicópteros no Brasil, inauguram, em janeiro, o primeiro simulador para helicópteros Sikorsky S-92 da América Latina. Utilizado principalmente em operações para o setor de óleo e gás, a aeronave é uma das maiores em operação no país, com capacidade de levar até 18 passageiros e três tripulantes.

O novo simulador é resultado de uma joint-venture firmada em 2012 entre Líder e CAE. Construído nas proximidades do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, o equipamento permitirá que pilotos dessas aeronaves realizem treinamentos obrigatórios e opcionais, sem ter que sair do Brasil.

 Segundo a superintendente da Líder Aviação, Junia Hermont, o empreendimento faz parte dos investimentos da empresa em segurança. “Ter esse recurso no Brasil é um grande facilitador para as empresas que operam helicópteros. A Líder, por exemplo, tem mais de 60 pilotos de helicópteros S-92. Todos precisam viajar anualmente para o exterior, onde passam, de seis a 30 dias em treinamento, dependendo do nível da capacitação. Agora, essas despesas poderão ser reduzidas”, afirma a superintendente da Líder Aviação, Junia Hermont.

 Para o presidente do Grupo CAE, Treinamento e Simulação Civil, Nick Leontidis, o crescimento do mercado de helicópteros brasileiro justifica os investimentos realizados pela Joint Venture: “É um orgulho sermos parceiros de treinamento da Líder e poder dar suporte às demandas de segurança de um mercado de helicópteros tão ativo”, afirma.

 O Simulador para Sikorsky S-92

 Conforme explica o presidente da CAE, o simulador “full-flight” (FFS) Nível D, Série 3000, proporciona treinamento inicial e periódico para todos os modelos de S-92. Os programas incluem uma solução completa, com curso em simulador conduzido por instrutores qualificados, assim como treinamento avançado em sala de aula e capacidades de briefing e debriefing. “Nossa joint venture com a Líder fornece treinamento para missão crítica, usando a tecnologia de simulação mais avançada para helicópteros civis”, garante Leontidis.


Danilo Borges

0 comentários:

Postar um comentário