Pesquisando...
segunda-feira, 3 de novembro de 2014



Um levantamento feito pela ABAG (Associação Brasileira de Aviação Geral) revela que em termos de distribuição da frota de aeronaves pelos Estados, quatro concentram mais de metade dos aviões. São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás tem 51% das 14.648 registradas no país. Os dados são de 2013 e constam da quarta edição do Anuário Brasileiro de Aviação Geral – 2014. Em 2012, o Estado de Goiás nem figurava entre os que possuem mais de 1.000 aeronaves, passando para esta categoria somente no ano passado.

Outros dados interessantes apontados pela entidade se referem ao crescimento da frota por Estado. São Paulo, por exemplo, incorporou 144 novas aeronaves em 2013, pulando de 3.835 para 3.979. Minas Gerais, o segundo Estado em número de aeronaves, tinha 1.214 e incorporou 83, passando a contar com uma frota de 1.297.

Um dado interessante foi o crescimento da frota de aviação geral no Paraná. O Estado tinha 875 aeronaves em 2012 e em 2013 chegou a 951, um aumento de 76 unidades, bem acima da média de crescimento nacional. A frota brasileira cresceu 4,9% de 2012 para 2013, no Paraná o crescimento foi de 8,6%. Em São Paulo, por exemplo, o crescimento da frota ficou abaixo da média nacional, 3,75%. Em Minas Gerais, 6,8%.

O único Estado brasileiro que registrou crescimento negativo foi o Acre, que tinha uma frota com 66 unidades e passou a contar com 63 aeronaves no ano seguinte.
Anuário Brasileiro de Aviação Geral  2014 foi lançado em agosto deste ano, durante a Labace (Latin American Business Aviation Conference & Exhibition), o maior evento de aviação executiva da América Latina, realizado no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Mais informações em www.abag.org.br 

0 comentários:

Postar um comentário