Pesquisando...
quinta-feira, 13 de novembro de 2014



Até o fim do ano, passageiros poderão usar dispositivos eletrônicos em todas as fases do voo, desde que em modo “avião”. É o que prevê nova resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), publicada na última quinta-feira (30) no Diário Oficial. O advogado e professor de direito aeronáutico Georges Ferreira explica que, para a medida começar a valer, as companhias aéreas precisam pedir, individualmente, permissão para a Anac.

“As companhias deverão provar que o uso de celulares, tablets, câmeras fotográficas, entre outros, não causaria problemas em seus equipamentos e sistemas de navegação. A Anac estima que as primeiras autorizações sejam dadas em até dois meses”, informa o advogado.

Outra novidade da resolução é que os celulares poderão ser usados fora do movo avião logo depois que o avião pousar. Pelas regras atuais, tais equipamentos devem permanecer desligados até o desembarque do passageiro.

Durante a decolagem e o pouso, os eletrônicos terão de ser guardados, mesmos ligados, já que uma freada brusca pode fazê-los voar na cabine e atingir um passageiro. “Em situações específicas, como uma turbulência, ou se o avião tiver de pousar sob baixa visibilidade, a tripulação poderá pedir que os aparelhos sejam desligados”, finaliza Georges. 


Vinícius Braga

0 comentários:

Postar um comentário