Pesquisando...
terça-feira, 14 de outubro de 2014


A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) divulgou nesta semana o Anuário Estatístico do Transporte Aéreo de 2013. Entre as principais informações destaca-se a demanda doméstica do transporte aéreo de passageiros. Entre 2004 e 2013, em termos de passageiros-quilômetros pagos transportados (RPK), a demanda apresentou alta de 203%, com índice médio de 13,1% ao ano e representando mais de 13 vezes o crescimento da população nacional.

Segundo o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz, o setor aéreo já atende mais de 100 milhões de passageiros, contra 40 milhões em 2002. “Nos últimos anos a aviação passou por um crescimento significativo no número de usuários, resultado dos avanços nas políticas tarifárias que permitiram a oferta de bilhetes a valores mais acessíveis”, declarou Sanovicz
 
Passageiros 

A quantidade de passageiros pagos transportados em 2013 atingiu o maior número da história da aviação brasileira. No total, mais de 109,2 milhões de passageiros foram transportados em 2013, com 90 milhões em voos domésticos e 19,2 milhões em voos internacionais. Somando os números dos últimos dez anos, o crescimento foi de 165%.

Frota

Em 2013, a frota das empresas brasileiras atingiu 563 aviões, um acréscimo de 8,7% em relação a 2012. Aeronaves com capacidade entre 101 e 150 assentos de passageiros representaram 31%, enquanto as com capacidade de 151 a 200 assentos representaram 40%. A Airbus foi a líder em quantidade de aeronaves operadas por empresas brasileiras no país em 2013, com 37,3% do total, seguida da Boeing, com 32,5%. A Embraer foi a terceira fabricante com mais aeronaves em operação no Brasil em 2013, com 14,6% de participação.

Aeroportos 

Ainda segundo o Anuário do Transporte Aéreo da ANAC, os 20 maiores aeroportos brasileiros abrigaram 79,61% dos voos domésticos em 2013. Destes aeroportos, oito encontram-se na Região Sudeste, quatro na Região Nordeste, três na Região Centro-Oeste, três na Região Sul e dois na Região Norte. Os dois aeroportos com maior número de decolagens foram Guarulhos e Congonhas, respectivamente, somando 18,55% das decolagens. Os aeroportos de São Paulo movimentaram mais do que o dobro do que os aeroportos do Rio de Janeiro – estado com a segundo posição no ranking.

Um total de 147 aeroportos recebeu voos domésticos em 2013. O estado com o maior número de aeródromos públicos utilizados foi o Amazonas, com 19, seguido por Minas Gerais (15), Pará (12) e São Paulo (11). Em 2013, a rota Salvador – Guarulhos foi a segunda que mais transportou passageiros, com cerca de 2,3 milhões, atrás somente da ponte aérea Santos Dumont – Congonhas, com 4 milhões de passageiros. No transporte de cargas, a rota Manaus – Guarulhos foi a mais utilizada, atingindo 43,7 mil toneladas transportadas. 

0 comentários:

Postar um comentário