Pesquisando...
sexta-feira, 1 de novembro de 2013



A TAM voltará às origens, retomando suas operações regionais. A empresa agora avalia a compra de aeronaves menores para atuação em cidades do interior e traz como grande favorita a fabricante brasileira Embraer. É o que afirmou a presidente da TAM, Claudia Sender, em entrevista ao Estado. Segundo ela, a decisão depende da conclusão do plano de incentivo à aviação regional que está em fase de elaboração dentro do governo. Decisão que agora depende do novo plano do governo de estímulo à aviação regional. O retorno às operações regionais seria uma guinada na estratégia de expansão da empresa, que desde a troca dos modelos Fokker-100 por aeronaves da Airbus e Boeing, no decorrer da última década, tem direcionado seu crescimento para rotas entre grandes cidades brasileiras e destinos internacionais.

0 comentários:

Postar um comentário