Pesquisando...
quinta-feira, 21 de novembro de 2013


Segundo o DAESP, a reestruturação dos aeroportos executivos paulistas localizados no entorno da cidade de São Paulo deve se intensificar com as privatizações. O aeroporto de Campo dos Amarais, em Campinas, recebeu investimentos para acomodar novos servidos por vias de serviço e pista de rolamento. Jundiaí teve melhorias nos sistemas de auxílio à navegação. Sorocaba, que é considerado um dos aeródromos com maior possibilidade de expansão, também está sendo ampliado com a construção de novos hangares. O vertiginoso crescimento do mercado de helicóptero em São Paulo também movimenta empreendimentos na região com a maior frota mundial de aeronaves com asas rotativas. O heliporto situado no bairro do Jaguaré teve seu plano de outorga aprovado pela SAC para operar como aeródromo civil público. Com mais de uma década de existência, o heliponto opera uma média de 60 pousos e decolagens por dia e conta com um dos maiores centros de serviço especializados para helicópteros da América Latina. Em sua área de 18 mil m² há um prédio de quatro andares, um heliponto, 11 spots, 4.500 m² de hangaragem com capacidade para 80 aeronaves, oficina para manutenção e espaço para manobra e abastecimento.

0 comentários:

Postar um comentário