Pesquisando...
terça-feira, 29 de outubro de 2013



A empresa americana World View Enterprises está prestes a fechar pacotes para seis passageiros e dois tripulantes atingirem a estratosfera a bordo de um balão . O projeto, divulgado pelo programa Bom Dia Brasil, não seria tecnicamente uma viagem ao espaço, já que a cápsula (puxada por um enorme balão) atingirá uma altitude “semi-espacial” de 30 quilômetros (três vezes a de um voo comercial), mas a Agência de Aviação Americana irá regular como “turismo espacial”. Depois de seis horas de voo, ao preço de R$160 mil por pessoa, a cápsula enfim se solta do balão e pousa com a ajuda de um paraquedas. Tudo isso a partir de 2015, lembrando que o turismo espacial já é uma realidade há mais de dez anos. Em 2001, o americano Dennis Tito foi ao espaço numa cápsula Soyuz. Segundo relatos, Tito desembolsou cerca de R$ 40 milhões à agência espacial russa. Antes de atingir a estratosfera, os futuros aventureiros espaciais terão que passar por testes físicos e treinamentos intensivos.













0 comentários:

Postar um comentário